Sobre o SAVE STAR-UPS

CONTEXTO

Espera-se que a Indústria 4.0 dinamize a produtividade e o valor acrescentado das indústrias europeias e estimule o crescimento económico. Como parte da sua nova Estratégia do Mercado Único Digital, a Comissão Europeia quer ajudar todos os setores industriais a explorar novas tecnologias e a gerir a transição para um sistema industrial inteligente, o Indústria 4.0.

A maioria dos programas de EFP (Educação e Formação Profissional) atualmente disponíveis não preveem o desenvolvimento destas competências. Assim, o consórcio do projeto identificou a necessidade de desenvolver os conteúdos e os recursos para que os formandos envolvidos nas ações de EFP adquiram competências adequadas para participar no mercado de trabalho no setor da Indústria 4.0.

Um desafio adicional é, sabendo que os startuppers são profissionais muito ocupados e esperam ter formação em soluções práticas, que lhes poupem tempo e que possam aplicar imediatamente nos seus ambientes profissionais. Os resultados do projeto serão adaptados para atender a estes requisitos.

OBJETIVO

O objetivo do projeto é melhorar as competências e o desenvolvimento profissional dos startuppers, jovens empreendedores e formadores na área da EFP, através da aquisição de ferramentas empresariais digitais, bem como dar-lhes a oportunidade de validarem o seu conhecimento e experiência prévia através dos processos de RVCC (Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências).

A experiência dos startuppers é geralmente analisada em vários países, uma vez que operam em setores específicos, na sua maioria de alta tecnologia, e o seu âmbito de atividade é frequentemente transitório. Esta é a primeira razão pela qual este projeto está a ser implementado no âmbito de parcerias transnacionais. A segunda razão está relacionada com a experiência das entidades participantes, que se unem criando sinergias.

Público-alvo

O público-alvo são startuppers, jovens empreendedores, bem como formadores da Polónia, Lituânia, Espanha, Chipre, Portugal e Eslováquia.

RESULTADOS

  • Currículo “Empreendedorismo Moderno e Digital é a sua grande oportunidade!” – para capacitar formadores para a validação de competências de empreendedorismo digital.
  • Materiais digitais – conjunto de REA (Recursos Educativos Abertos) para desenvolver as competências dos startuppers em ambiente Mlearning (mobile learning), nas seguintes áreas: Start-ups digitais versus scale-ups digitais; Economia circular na sua start-up; Estilo de vida empreendedor digital; 4. IdC (Internet das Coisas) na prática empresarial; 5. Infraestruturas de sensores na utilização empresarial diária; Algoritmos analíticos para clientes Big Data; Cibersegurança em start-ups.

A principal inovação do projeto SAVE start-ups é oferecer um programa formativo para melhorar as competências digitais, enfatizando conceitos como o Empreendedorismo Digital, a IdC na prática empresarial, ou a Economia Circular aplicada às start-ups.

PARCERIA

A parceria é constituída por organizações da Polónia (RARR e Danmar), Espanha (Sea Tech), Lituânia (SIF), Portugal (Mindshift), Chipre (GrantXpert) e Eslováquia (TUKE), que reúnem experiência ao nível do desenvolvimento de impacto em sociedades com baixas qualificações e/ou recursos insuficientes.

Os parceiros têm uma vasta experiência na implementação de projetos destinados à criação de start-ups, novos modelos de negócio e formação customizada. O fator diferenciador do SAVE start-ups é a sua abordagem sistémica e foco não só nos profissionais que querem estabelecer ou desenvolver a sua própria start-up, mas também nos futuros jovens empreendedores e formadores na área da EFP.